A Igreja Católica foi fundada por Cristo?

 

 

“E Eu te declaro:Tu és Pedro,e sobre esta pedra edificarei a Minha igreja;e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.Eu te darei as chaves do Reino dos Céus:Tudo o que ligares na terra,será ligado nos céus;tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.”

Este comentário teve origem por causa do livro “Por que sou católico?” do Prof. Felipe Aquino.Neste livro o prof. Tenta provar de várias formas que a igreja Católica foi fundada por Jesus,baseando-se num verso de Mateus.Vou falar sobre milagres eucarísticos,vida após a morte,e vários outros assuntos de nosso interesse,esperando que este breve artigo possa ajudar-nos a defender nossa fé.

“Amados,enquanto empregava toda a diligência em escrever-vos acerca da nossa comum salvação,foi que senti-me obrigado a corresponder-me convosco,exortando-vos a batalhardes,diligentemente pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos.” Judas 4

 

Página 37:Realmente é errado um homem tentar fundar uma religião.Queria poder expor isso mais na frente,mas como é dito isso no livro quase todo tenho de falar logo agora

Qual é a prova bíblica que posso ter para comprovar que a ICAR foi fundada por Jesus?Um único versículo de Mateus.

Acho que uma igreja com tanta tradição e que se julga ser a que sabe interpretar as Escrituras de maneira correta deveria ser capaz de fundamentar uma teoria mais sólida.O título do capítulo que começa na página acima é bem interessante.Não fosse  ser afirmado com veemência(e não provado substancialmente)que  a ICAR foi fundada por Cristo,estaria de total acordo com este capítulo.Mas o que quero enfatizar é o que vem depois deste:como título vem logo de cara a afirmação de que a sua igreja foi fundada por Cristo.

Basear uma doutrina em um só versículo é tolice,quando a Bíblia fala bastante sobre o assunto e ela não deve ser interpretada desta maneira.Mas vamos aos fatos.Em toda a Bíblia Jesus é a Pedra.Vou falar logo disso por que no livro todo essa é uma das afirmações mais repetidas.

Vamos às passagens bíblicas:

Números 20:11 –“...Moisés levantou a mão, e feriu a Rocha duas vezes...”

I Coríntios 10:4 –“E beberam... da Pedra espiritual... e a Pedra era Cristo.”

Deut. 32:4 –“Ele (Jesus) é a Rocha, cuja obra é perfeita...”

Salmo 18:2 –“O Senhor é a minha Rocha...”

Salmo 19:14 –“...Senhor, Rocha minha e libertador meu!”

Salmo 28:1 –“A Ti clamarei, ó Senhor, Rocha minha...”

Salmo 89:26 –“... a Rocha da minha salvação.”

Salmo 95:1 –“...a Rocha da nossa salvação.”

Salmo 144:1 –“Bendito seja o Senhor, minha Rocha...”

Isaías 28:16 – “...uma Pedra, uma Pedra provada, Pedra preciosa de esquina...”

Isaías 8:14 – “Então Ele... Pedra de tropeço, e de Rocha de escândalo...”

Mat. 21:42 – “...a Pedra... rejeitaram, essa foi posta por cabeça de ângulo...”

Atos 4:11 – “Ele é a Pedra ... rejeitada..... posta por cabeça de esquina...”

Rom. 9:33 – “...Sião uma Pedra de tropeço, e uma Rocha de escândalo...”

(Os judeus achavam um escândalo o Messias morrer na cruz, já que O esperavam para sentar-Se no trono de Davi e dominar o mundo).

Efésios 2:20; 11:22; 5:23

“...Jesus Cristo é a principal Pedra de esquina... cabeça da igreja”.

A PEDRA É CRISTO, O PRÓPRIO PEDRO CONFIRMA:

I Pedro 2:4

“...E chegando-vos para Ele (Jesus) – Pedra viva...”

I Pedro 2:7-8

“Pelo que também na Escritura se contém: Eis que ponho em Sião a Pedra principal de esquina, eleita e preciosa; e quem nela crer não será confundido. E assim para vós, os que credes, é preciosa, mas, para os rebeldes, a Pedra que os edificadores reprovaram essa foi a principal da esquina. É uma Pedra de tropeço e Rocha de escândalo, para aqueles que tropeçam na palavra...”

PAULO, DEFINE A QUESTÃO

I Coríntios 3:11 – “Porque ninguém pode pôr outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.”

JESUS CRISTO É A PEDRA, ELE AFIRMOU:

Mateus 21:43-44 – “ ... E quem cair sobre esta Pedra, despedaçar-se-á; e aquele sobre quem ela cair ficará reduzido a pó.”

SE PEDRO FOSSE O PAPA...

• Os discípulos não brigariam pela primeira posição entre si (Mat. 23: 8,10; Luc. 9: 46; 22: 24-30).

• Não seria o apóstolo da Circuncisão (Gál. 2: 8).

• Como ficaria seu casamento? (Mat. 8: 14. Mar. 1: 30. Luc. 4: 38).

• Não levaria sua esposa em suas viagens missionárias (I Cor. 9: 5).

• Não negaria a Jesus (Luc. 22: 57).

• Não mentiria ao ser identificado como apóstolo (Luc. 22: 58).

• Não disfarçaria diante da verdade (Luc. 22: 60).

• Enviaria outros apóstolos para Samaria ao invés de ser enviado (Atos 8: 14).

• Não se justificaria perante a igreja, por haver batizado Cornélio (Atos 11:1-11).

• O primeiro Concílio Cristão, ocorrido no ano 52 d.C., seria presidido por ele e não por Tiago (Atos 15: 13,19).

• A Carta Oficial deste Concílio seria assinada por ele e não foi (Atos 15: 22-23).

• Paulo não o repreenderia publicamente, sendo “infalível” (Gál. 2:11-14).

• Estaria na primeira posição e não na segunda, como coluna da igreja (Gál. 2: 9).

• Jesus não repreenderia os discípulos dizendo que quem “quiser ser o primeiro seja vosso servo” (Mat. 20: 20-28).

• Jesus não diria que quem “quiser ser o primeiro, será o derradeiro de todos e o servo de todos” (Mar. 9: 35).

• Jesus não diria que entre eles quem “quiser ser grande, será vosso serviçal” (Mar. 10: 35-45).

• Jesus não diria que “aquele que entre vós todos for o menor, esse mesmo é grande” (Luc. 9: 48).

• Jesus não diria isso: “Mas não sereis vós assim; antes o maior entre vós seja como o menor; e quem governa como quem serve” (Luc. 22: 26).Se for pela quantidade de versículos estou certo.Mas esse não é o modo com devemos interpretar a Bíblia.

Será mesmo que Cristo seria capaz de fundar a Sua igreja sobre uma pedra tão falível quanto Pedro?e por que em toda a Bíblia a Pedra é Cristo e nessa única passagem ela seria Pedro? Pedro (grego petros) significa pedra pequena. Grego (petra) significa rocha grande e imóvel. Você não acha que uma pedra pequena é imprópria para a construção da Igreja de Deus? Claro! Jesus fez um trocadilho, referindo-Se a Si mesmo como a Rocha (I. Cor. 3:11;10:4).

A Igreja de Jesus é toda aquela que conduz o pecador ao arrependimento.É claro que há denominações que estão descompromissadas com a séria pregação do evangelho.Mas nessas denominações há pessoas sinceras.

Há varias denominações por aí que pregam ser a verdadeira ,inclusive a ICAR(igreja Católica apostólica romana).O Prof. afirma na página 43 que sua igreja é a verdadeira.Mas ela não demonstra ter as características de Apocalipse 12:17.

Mais uma vez ele repete afirmações que engrandecem falsamente a ICAR. “Todas as outras igrejas que surgiram foram frutos da separação de uma facção que não conservou a sucessão apostólica e nem a sucessão de Pedro.Por isso não são igrejas.A IC é necessária para a salvação.”Sinto em dizer que o prof. se enganou redondamente.Jesus não disse em nenhum ponto da Bíblia que eu precisaria me unir a algum grupo religioso para ser salvo,com exceção de quando o povo de Deus estiver sendo novamente perseguido,mas isso é para o futuro.Não há igreja “a” ou “b” que salve.O que salva é o fervor que a pessoa,seja católica ou protestante,tenha para viver de acordo com a luz da Palavra que recebeu.É só você conferir a parábola dos talentos.(Mateus 25:14-30)De acordo com esta e outra parábolas,dá para entender que se alguém conheceu pouco,mas viveu de acordo com aquilo que recebeu,ela será salva.Agora alguém que conheceu boa parte da verdade bíblica mas jamais praticou isso de modo condizente a um cristão estará perdida.

Logo na página 44 ele começa a distorcer novamente as coisas.Para provar que a IC é necessária à salvação é usado um verso de João sobre o batismo.Realmente,o batismo é necessário àqueles que almejam o céu.Mas não há batismo somente em sua igreja.A maioria  dos segmentos evangélicos – senão todos –  considera de suma importância o batismo bíblico,por imersão,e não por aspersão(falo sobre isso em outra ocasião).Percebi que o irmão cita muito pouco a Bíblia.Está mais preocupado com o que dizem os grandes mestres católicos.Mas a Bíblia é deixada de lado como se fosse menos importante do que aquilo que seus correligionários escreveram.São  citados constantemente trechos de concílios,mas onde está o Guia santo que é a Palavra?Ela deveria ser nossa bússola,ao invés de tradições e dogmas.Pude perceber que há um enorme desejo de se provar que está certo,mas sem a Bíblia,já que ela desmascara muito do que  o que os líderes católicos afirmam.A frase “e o concilio confirmou”, ou coisa parecida aparece muito,mas eu quase  não vi “a Bíblia afirma”.O que o concílio diz jamais vai ser superior à Bíblia.

 

 

A ICAR é necessária para que nos salvemos?

 

Pg.45:Ao contrário do que o prof. Afirma,a ICAR não é o lugar onde a humanidade deve reencontrar a sua salvação,e sim aos pés de Jesus,pois foi Ele que Se deu por nós,e Ele salvará todo o que nEle crer.(João 3:16).Não foi Cristo que quis a ICAR,volto a afirmar.No início,ela era formada por aqueles que seguiam a Deus,mas assim como os judeus,a coisa foi se corrompendo,e o golpe de misericórdia foi dado quando durante 1260 anos os fiéis pesquisadores da Verdade foram duramente perseguidos e mortos.Adivinhe por quem?Mas isso tudo já estava predito na Bíblia(Daniel 2;7;8),e Deus jamais permitiria que a Bíblia fosse pisada pela eternidade,e  em 1798 esse período profético teve fim.Caso queira,em outra oportunidade posso explanar as profecias de Daniel.O sangue desses mártires clama até hoje.

Pg 46:”sem a igreja o próprio Cristo ficaria mutilado”De modo algum,pois o Cristo   é o Cabeça da igreja(Col. 1:18)E que é o corpo? “vós sois os ramos”(João 15:5).Nós somos os ramos,e não a igreja.Todo aquele que segue Jesus representa os ramos da videira.O seu corpo “místico” não é a igreja,e sim os servos dEle.Os testemunhos dos grandes homens  dos primeiros séculos não valem de nada se não estiverem de acordo com a Palavra.E como ele os colocou para tentar provar algo que a Bíblia não diz,como já lhe provei no início,de nada servem.

 

A idade de uma instituição atesta sua veracidade?

 

Pg 49: “Somente a Igreja Católica tem 2000 anos”.Isso não é nada.O mundo é muito mais velho e é a sujeira que nós vemos a cada dia.Essa de que idade representa algo é furada. Jesus com 12 anos pode discutir com os doutores da lei?Um exemplo mais atual.Eu tenho uma conta no site Yahoo!.Com essa conta,temos direito a participar da comunidade Yahoo!respostas,que muito me interessou por ter uma seção para perguntas de cunha religioso.Lá comecei a responder as perguntas feitas por outros usuários,e me deparei certo dia com um usuário de nome “ex-seminarista”.Ele começou a fazer indagações lá,e eu discordei delas.Mas ele não gostou e não respondeu às questões que levantei.Mesmo a minha pouca idade e aos meus superficiais conhecimentos da Bíblia foram suficientes para suplantar os de um homem aparentemente com vários anos de igreja.Isso não se deve a mim,é claro,mas se deve a Deus,que ajuda todos aqueles que defendem a Sua Palavra dos argumentos sofismáticos.E temos também o exemplo mais clássico e importante, o que ocorreu com Jesus.Os pais terrenos de Cristo iam todos os anos para a festa da páscoa,em Jerusalém.E quando acabou a festa e eles estavam já voltando  para casa(a Bíblia relata que com um dia de viagem)perceberam que Ele não estava com eles.Então voltaram a Jerusalém,e encontraram o mestre,ainda com 12 anos,com os doutores da lei,os interrogando e ouvindo.

Eu acho que deu para entender que 2000,3000 ou mais anos não significam que algo foi indicado por Deus ou que se tenha muita autoridade bíblica.O que mostraria a divina indicação da IC seria a Bíblia.Já que ela não mostra,de onde tirar tal conclusão?Novamente são usados depoimentos de pessoas que,embora muito sábias,pensavam para o lado contrário que a Bíblia indica.

Dizer que a ICAR é “infalível” tem embasamento bíblico?

 

Pg 56: “Somente à ICAR Jesus garantiu a infalibilidade.”Onde,na Bíblia essa afirmação é feita?Vamos supor que em Mt.16:18 Jesus tivesse fundado a sua igreja sobre Pedro.No verso não diz “e essa igreja será  infalível”.O fato de Jesus conferir autoridade para algo não significa infalibilidade.Mas por acaso tudo o que eles fizeram foi desprovido de falha?De modo algum.Querer depreender de Mateus 16:18  que Pedro era infalível é forçar a verdade a aparecer,o que não é necessário.Em momento algum as pessoas a quem Jesus confiou algo de tamanha importância tiveram a tal infalibilidade.Vamos ver:O povo judeu,a quem durante muito tempo foi confiada a tarefa de levar a mensagem de Deus ao mundo,através dos anos foi desenvolvendo teorias totalmente contrárias à Palavra de Deus.Talvez a que mais contrariava a Bíblia era a de que a salvação era um dom exclusivo dos  judeus,que Deus somente recompensaria os filhos de Abraão.Por exemplo,por várias vezes,quando foi se referir aos judeus,em Suas parábolas,Jesus os colocou em situações que eram inimagináveis para eles,pois como eram descendentes de Abraão,pensavam estarem sempre certos e com a salvação garantida.Vejam só:

     1-A parábola do rico e de Lázaro(Lc.16:19-31):Cristo compara os judeus que O estão ouvindo ao rico.É dito dele que “se vestia de linho finíssimo e todos os dias se regalava esplendidamente”.Também havia um mendigo nessa história.Mas o que ocorreu então?O rico foi para o “inferno” e o mendigo foi para o “seio de Abraão”.

E é possível que o próprio próprio Pedro(que era “infalível” doutrinariamente) pensasse do mesmo modo que os outros judeus.Podemos confirmar isso por causa de uma história de Atos 10.Lá diz havia um homem que é descrito como sendo piedoso numa cidade,e Deus decidiu que era hora de lhe darem algum aconselhamento.Então,inspirou este homem a enviar dois de seus servos para conversarem com Pedro.Caso o apóstolo não tivesse recebido uma visão,que dizia que Deus não  faz acepção de pessoas,os servos de Cornélio jamais teriam sido recebidos,e é possível que mais tarde o bom homem viesse a desviar-se dos caminhos de Deus.Se Pedro fosse “infalível”,isso jamais teria acontecido,pois como o prof. diz em seu livro,a infalibilidade de Pedro não é impecabilidade,mas sim doutrinária.E também  Paulo não o repreenderia publicamente. (Gál. 2:11-14).E como uma instituição que foi e ainda é acusada pela Palavra,que muitas vezes diz o contrário do que as autoridades católicas dizem seria infalível?Enquanto eu escrevia este artigo,era realizado o círio de Nazaré.É triste ver pessoas sofrendo e até chegando à exaustão física numa celebração sem sentido real.Qual a garantia bíblica que temos de que receberemos bênçãos se fizermos todo aquele sacrifício,se invocarmos uma pessoa que viveu há muito tempo atrás –e já morreu– vai poder nos dar algo?Por que devemos adorar com tanto fervor um pedaço de madeira que foi feito por mãos humanas e não tem vida?Jeremias 10 nos diz coisas interessantes sobre ídolos e imagens.A partir da metade do veros 14: “...as suas imagens são mentira,e nelas não há fôlego.Vaidade são,e obra ridícula;no tempo do seu castigo,virão a perecer.Não é semelhante a estas Aquele que é a Porção de Jacó;porque Ele é o criador de todas as coisas...”.Muito interessante,não?Imagens não tem fôlego,e são pura vaidade.E adorar uma delas é o objetivo do círio.Há muita devoção à imagem da senhora de Nazaré,mas pouca ou nenhuma devoção Àquele que é Digno de receber todo o louvor.Dizer que Deus está no meio da ICAR não é errado,pois Ele está onde Seus servos fieis estão.Agora dizer que a instituição é infalível é completamente equivocado.O papa também não escapa disso.Se ele começasse a dizer que  a Palavra apóia o aborto ele seria infalível?O que dizer das atrocidades cometidas por esses líderes ao longo dos séculos,dos escândalos dos Bórgia?E mais,quando alguém dizia alguma coisa contrária aos dogmas,e se a pessoas começasse a mostrar a verdade “incomodar”,mostrando o erro,rapidamente eram emitidas bulas para que o “herege” fosse queimado caso não se retratasse.A “santa” inquisição,o purgatório,a vida após a morte,as indulgências,e tantos outros absurdos que foram idealizados pelos papas e líderes católicos mancharam de tal modo o nome do cristianismo que até hoje há um ódio sem igual contra as coisas de Deus.Mas a ICAR ainda exerce bastante influência e tem muitas riquezas,que foram ganhas explorando a falta de conhecimento das pessoas durante a idade média.Reconheço as contribuições da ICAR na área social científica,artística e etc.,mas a questão é que:

-A Igreja só tem poder para fazer isso tudo devido a opressão do passado,extorsão dos pobres durante séculos,e também sem ela tudo isso teria sido mais rápido.Mendel,por exemplo.Só entrou para um mosteiro pelo fato de a “santa” igreja dominar o meio científico  naquele tempo.Galileu e tantos outros que tiveram de se retratar para não perder a vida!G7 APOLOGIA

 

 

* Qualquer dúvida,sugestão,correção ou proposta de refutação comente aqui que lhe escreveremos.Meu e-mail segue abaixo:

aandreywilliam@yahoo.com.br

 

 

 

Tópico: A Igreja Católica foi fundada por Cristo?

A igreja

Anderson | 28-03-2015

A igreja e fruto de sua imaginacao. Manipular a escritura e muito facil, basta interpretar a grosso modo e nela encontraremos resposta para tudo, pois e um livro imenso. Busque a Deus sem se importar com os demais e veras brotar rios de vida de seus labios pois tu estas no caminho mas anda no acostamento.

Novo comentário